quinta-feira, 2 de maio de 2013

Dia 45 - Fazendo as contas do mês

Hoje é o primeiro dia útil do mês, o dia em que pago e agendo todas as contas. Ainda não estou feliz com a fatura do cartão de crédito, ela fechou alta porque tenho compras parceladas para pagar. Que chato isso! Creio que no próximo mês, já começarei a ver os resultados do tempo sem realizar compras. Preciso de paciência, sim muita paciência, agora. Porque não dá para resolver tão rápido quanto gostaria.

Concentrei os gastos em apenas um cartão de crédito para facilitar o controle. Tenho a meta de zerá-lo até junho. Pelo caminhar do minimalismo em minha vida, vou conseguir!


Tenho uma planilha bem bacana onde registro todas as receitas e despesas do mês, para manter controle e fazer previsões. Tem algumas despesas que ainda me fogem, são os gastos pequenos do dia a dia, sabe? Tipo uma passada na padaria, um lanche, outras vezes, um cosmético, ou uma ida à depiladora. Estes dias li uma dica legal, para saber exatamente quanto se gasta é preciso anotar tudo, assim no final do mês ou a cada semana se tem o registro do valor real dos gastos. Vou experimentar isso.



4 comentários:

  1. Eu tenho um certo bloqueio com essas anotações de gastos, nunca consegui realmente levar uma planilha adiante mais que um ou 2 meses. Agora nao to nem querendo pensar nisso: sei que estou gastando mais que devo mas simplesmente não dá. To cortando o que dá, o que não dá vai pelo ralo... Minha meta agora é simplesmente uma: pagar TODAs as compras parceladas no cartão - e não fazer nenhuma nova! acho que venço em mais uns 2 meses. Aí vai ficar bonito. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bem, entendo vocẽ. Realmente é muito chato ter que fazer todo esse controle. Como sou assalariada, com contas fixas de casa para pagar todos os meses, realmente preciso fazer um controle mínimo. Acho que se conseguir zerar o cartão já é uma super vitória! BOa sorte! :)

      Excluir
  2. E o processo de mudança é bem lento mesmo. Passei por isso há uns quatro anos mais ou menos. Não porque tinha muitas contas, mas porque queria comprar um monte de coisas que não tinha dinheiro. Daí o passo inicial foi parar de comprar, um ano. E no final consegui guardar uma quantia de dinheiro, naquele pinga pinga, bem pouquinho pensava que nunca iria conseguir juntar uma quantia razoável. Mas neste tempo, fui ficando mais minimalista e vendo que a gente precisa de muito menos do que a gente pensa para viver. Abs e boa sorte!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É vejo que é um processo mesmo e que leva algum tempo para conseguir quitar as contas e começar a poupar para fazer outras coisas, como viajar. E também tem a mudança de visão, o minimalismo é perfeito mesmo para isso. Obrigada pela força! Abraços

      Excluir

Fazendo bom uso da tecnologia disponível, fugindo do sonho virtual

A tecnologia é algo que parece fazer parte da vida da maioria das pessoas. É comum o uso de computadores, tablets e smartphones nas ativid...