quarta-feira, 26 de junho de 2013

Dia 100 - Tomando as rédeas da minha vida financeira

Mudar hábito de consumo, costumes familiares e atitudes do dia a dia que muitas vezes eu simplesmente praticava no automático é antes de qualquer coisa um grande desafio para mim.

Ainda ando brigando com o consumo de coisas pessoais. Adoro coisas novas e ao sair para passear corro o risco de voltar com algumas sacolas. Preciso ser justa comigo mesma, claro que desde que acordei do sono consumista, muita coisa mudou, mas sinto que preciso estar mais atenta no cotidiano e focar realmente com vontade.

O apelo ao consumo vem de toda parte, desde de anúncios de tv e revistas, às pessoas com quem convivo e das próprias situações da vida. Preciso realmente estar atenta o tempo todo porque a pressão externa é forte.

Quanto aos gastos domésticos, percebo que tenho um bom controle. São os pequenos gastos e o maldito cartão de crédito que ainda me perturbam e me deixa com uma sensação de descontrole. Chega uma altura do mês que penso assim: " Mas tinha xxx na conta, agora tem bem menos, com que eu gastei e não vi?" E o bandido do cartão de crédito, pago uma coisa aqui, outra ali e no final do mês chega aquela fatura enorme. Daí eu pago a fatura e fico mais uma vez sem dinheiro em mãos para as pequenas despesas. Isso é péssimo! E recomeça o ciclo pagando com cartão, um ciclo vicioso. Então, tirei a tentação da carteira, deixei em casa, escondido. Agora só uso o cartão de débito, se não tem dinheiro na conta, eu não compro, se tem e é para algo realmente necessário, ok, tá liberado. Comecei esta semana, vamos ver o que consigo de progresso em 30 dias.

Preciso acabar com esse desconforto e tomar às rédeas da minha vida financeira. Tenho muitos sonhos para realizar, e estes sonhos me exigem uma boa poupança e planejamento. Não posso me render a prazeres imediatos em detrimento aos planos que tenho. Sou exigente, gosto de cumprir o que me proponho a fazer, a minha cobrança interna está me incomodando e é cada vez mais alta.
independência financeira
Crédito da imagem: internet

Hoje eu comecei a fazer um curso de Gestão Financeira Pessoal no site da FGV, descobri cursos on-line gratuitos e que acho que podem ajudar.

Esta questão é algo realmente recorrente na minha vida. Fico um tempo no controle, sem compras desnecessárias e logo escorrego, e volto a comprar muito. Quero realmente mudar isso, porque senão fica sempre aquele mesmo papo, a mesma reclamação e nada de mudança. Não quero ficar com 60 anos e reclamando da mesma coisa. É chato e demonstra que não houve avanço. Acho que estou aqui para aprender, para mudar, para deixar de lado hábitos limitantes e realmente dá uma guinada na minha vida.

Muito obrigada pela leitura!

Abraços,

Andreia Rodrigues

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lidando com sentimentos de perda

Tenho lidado com sentimentos intensos e profundos, ultimamente. Uma sensação de perda enorme. De que está faltando uma pessoa muito importan...