sexta-feira, 28 de junho de 2013

Dia 102 - O blog é o meu diário

Confesso que está difícil manter o compromisso de escrever todos os dias para o blog. Primeiro que durante a semana o trabalho e as atividades diárias ocupam a maior parte do meu dia. Então sobra pouco tempo de verdade para escrever. Ainda levo um tempo para produzir os textos e gosto de horários em que as coisas estão calmas.

Normalmente começo a escrever sem saber ao certo do que vou falar, e aos poucos as palavras vão fluindo. Andei pensando que este é um momento de lazer para mim e que gosto de desfrutar. Não quero deixar a exigência de escrever porque tem que escrever estragar esse momento gostoso do dia.

Nossa foram mais de 100 postagens, é muita coisa. Agora me dou conta que o tempo está passando muito rápido e que 01 ano não é tanto tempo assim, né? Quando comecei, eu olhava para frente e pensava que 01 ano era muito tempo, e hoje, chego à conclusão que não é mesmo.

Não sei direito onde tudo isso vai dar, até agora, colhi alguns frutos práticos e acho que o mais importante mesmo é o crescimento pessoal que acontece quando paro para refletir porque faço algumas coisas assim, e percebo que elas podem ser feitas de outra forma. Quando para pensar que existem outras formas de viver e que há coisas imateriais que tem muito valor. Que algumas certezas que eu tinha já não fazem mais sentido. Quando eu cheguei à conclusão que precisava mudar, eu precisava parar com tantas atividades e encontrar tempo para pensar, para ler, para ouvir música, para praticar exercícios, para descansar e para não fazer nada. É muito bacana tudo isso!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Você tem fome de quê?

Tempos atrás eu fiz uma reflexão bem interesse sobre a possível causa do consumo por impulso e sem motivo. Da reflexão nasceu o texto   O ac...