terça-feira, 4 de junho de 2013

Dia 78 - Compaixão para comigo mesma

Interessante como minhas prioridades foram mudando ao longo do tempo. Interessante porque olhando para trás, eu percebo isso agora. As prioridades estão ligadas a cada fase da vida. Antes eu me incomodava com coisas que hoje não dou à mínima importância. Fico feliz, para mim é um sinal de evolução.

Eu era perfeccionista, chatinha e exigente demais. A casa devia estar impecável. Chão brilhando e paredes limpinhas. Nenhum prato na pia. Nada de brinquedos pelo chão. Eu perdia muito tempo com isso enquanto minhas crianças eram pequenas. Hoje vejo que perdi tempo de verdade. Antes ficasse mais tempo com minhas crianças e organizasse a casa no tempo que sobrasse. Faço uma avaliação. Por outro lado, também, penso que eu era jovem, estava descobrindo os desafios da vida e era só o começo.

Gosto de fazer este exercício de compaixão para comigo mesma. Para quem segue perfeccionista, chatinha e exigente, agora com menos intensidade, é bom se perdoar! E perceber que sempre é tempo de mudar!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fazendo bom uso da tecnologia disponível, fugindo do sonho virtual

A tecnologia é algo que parece fazer parte da vida da maioria das pessoas. É comum o uso de computadores, tablets e smartphones nas ativid...