sábado, 27 de julho de 2013

Dia 131 - 4 de 50 Cuidando pessoalmente da casa

Para mim sábado é sinônimo de dia de limpeza e organização da casa. É um assunto meio chato para alguns, eu sei, porém é necessário, real e faz parte da rotina da maioria das pessoas. Cuido da minha casa diariamente, e no sábado é quando minha ajudante vem e quando fazemos uma limpeza pesada em toda a casa. É quando lavamos todos os banheiros, limpamos o chão, lavamos o quintal, a garagem, a frente da casa, limpamos as janelas, as portas, as paredes, os tapetes, os estofados, limpamos os móveis e eletrodomésticos. Usamos uma espécie de cronograma, porque não é possível fazer tudo isso num único dia. Ao longo do mês, vamos fazendo as tarefas a fim de que possamos limpar tudo que é preciso. Sério, é um trabalho sem fim. Mas, adoro ver a casa limpinha e organizada no final, vem aquela sensação boa de missão cumprida, dá até vontade de andar descalça e de deitar no chão! :)

Quando se tem a sua própria casa não dá para fugir disso, é preciso administrar a limpeza e organização da casa, a compra e preparo de alimentos, a higiene das roupas e das peças de cama, mesa e banho, o cuidado com os pets e as plantas. Alguns cuidam pessoalmente de tudo isso e outros tem a ajuda de profissionais.

Há várias formas de morar, obviamente, pode ser com os pais ou outros parentes, em flats e pensionatos, dividindo a casa com amigos e por aí vai. E para cada forma, existem várias soluções para que o ambiente onde se vive seja organizado, limpo e agradável. Da mesma forma, há muitas alternativas para os cuidados com as próprias roupas e a própria alimentação.

No meu caso, tenho uma ajudante para a limpeza pesada e o restante cuido pessoalmente. Gosto de organizar minhas roupas e da família, não me sinto à vontade de deixar que outra pessoa lave minhas roupas, acho algo muito pessoal. Não gosto de passar roupas, então prefiro peças que não precisam ser passadas, facilita e me livro de passá-las.

Quanto à alimentação, gosto de cozinhar em casa. Normalmente, a minha comida é simples e o mais natural possível. Cozinho o que gosto e o que posso comer, por conta de algumas restrições que tenho. Alguns vão pensar, mas dá para comer bem e fazer escolhas saudáveis comendo fora. Sim, concordo, mas em tempos de minimalizar rotinas e diminuir gastos, comer em casa custa menos.

Para mim, tem funcionado bem. Acho que é uma questão de escolha, de disponibilidade e de vontade de fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lidando com sentimentos de perda

Tenho lidado com sentimentos intensos e profundos, ultimamente. Uma sensação de perda enorme. De que está faltando uma pessoa muito importan...