quarta-feira, 28 de maio de 2014

Aceitar os pais e agradecer à vida

Sim é isso mesmo! Aceitar os pais que tenho e agradecer a vida que recebi deles, foi o grande aprendizado que trouxe comigo do encontro do grupo de Constelações Familiares, do qual participei ontem à noite. Eu preciso registrar esse momento aqui no blog porque foi muito importante para mim.

Explico. Um leitor perguntou sobre constelações, não sou especialista no assunto, sou apenas participante de um grupo de auto desenvolvimento conduzido por uma psicóloga habilitada nessa técnica. Constelações Familiares é um método de ajuda criado por Bert Hellinger, psicoterapeuta alemão, que utiliza pessoas presentes no grupo como representantes para membros da família ou grupo social de uma pessoa que está "constelando", ou seja, trabalhando uma tema de sua vida. Na técnica são acessados conteúdos do campo familiar da pessoa, e aí a história se forma, e a partir da história os problemas surgem e podem ser vistos de outra forma.

Ontem o encontro foi intenso. Várias constelações aconteceram, com conteúdos de autoconhecimento e crescimento pessoal bem significativos. E eu gostaria de falar de uma constelação em especial, que me tocou muito. Foi um encontro com a figura paterna.

gratidão aos pais
imagem da internet


Uma filha participante do grupo encontrou o seu pai falecido. O pai estava entristecido, se sentindo sozinho e muito envergonhado. Em vida ele foi alcoólatra. E está enterrado longe de sua esposa, que hoje também já faleceu. A filha disse que foi muito difícil conviver com esse pai problemático. Ele trouxe muitas preocupações e tristezas para toda a família. E disse que sentiu um certo alívio quando ele faleceu, porque ela e a mãe estavam cansadas de labutar com ele. Por fim, ela reconheceu, em meio a muitas lágrimas, que ele não foi o pai que ela gostaria de ter.

Nesse ponto a terapeuta interviu a fim de que houvesse uma reconciliação entre pai e filha. De tal forma que ele pudesse ficar em paz e ela se desvencilhasse dos ressentimentos e mágoas do passado. E pudesse, também, contribuir para a harmonia familiar.

Eis o momento marcante para mim.

Pai e filha, frente a frente, olhando um nos olhos do outro.

A filha agradeceu ao pai pela vida que recebeu exatamente do jeito que foi. Agradeceu dizendo que hoje é a pessoa que é justamente por ter recebido a vida dele. Que ele foi o pai perfeito para ela e que ela foi a filha perfeita para ele. Ela o reconheceu como pai. E ele a reconheceu como filha e a abençoou.


Para mim foi um momento forte e lindo. Emocionante. De aceitação, agradecimento. De reconhecimento profundo. E de reconciliação com a própria vida.

Eu vivi cada momento dessa Constelação como se a história fosse minha. Meu pai não foi alcoólatra. Mas, eu também desejei que meu pai tivesse sido um outro tipo de pai por outros aspectos. Assim, como também fiz esse paralelo com minha mãe, porque muitas vezes também desejei que ela tivesse sido uma mãe diferente.

Naquele momento entendi que hoje sou quem sou, justamente por ter nascido na família que nasci e ter recebido a vida dos meus pais exatamente do jeito que ela é.

Eles são os pais perfeitos para mim e eu sou a filha perfeita para eles.

Sou gratidão.

____________________________________
O Nada de Compras está no facebook agora!
https://m.facebook.com/nadadecompras

6 comentários:

  1. Andreia, que texto lindo! Mexeu muito comigo porque tive sérios problemas com meu pai. Obrigada, de coração, por esse relato!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por nada! A ideia é compartilhar para somar!

      Excluir
  2. Me perdoe a ignorância...mas o que é Constelação? E os pai da sua amiga? Ela conversou com ele de que forma? Ele já faleceu não? Obrigada se puder responder...é que nao entendi...abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não sou especialista no assunto, sou apenas participar do grupo de autodesenvolvimento. Constelações Familiares é um método de ajuda criado por Bert Hollinger, psicoterapeuta alemão, que utiliza pessoas presentes no grupo como representantes para membros da família ou grupo social de uma pessoa. Há uma técnica em que são acessados conteúdos do campo familiar da pessoa, e no caso, a situação do pai dela surgiu. E sim o pai dela é falecido. Não sei explicar direito como isso acontece, mas acontece. Espero ter ajudado. Se tiver curiosidade, busque um grupo em sua cidade. Posso dizer por experiência própria que é muito bom! Abraços

      Excluir

Alimente seus propósitos pessoais com pequenas mudanças em sua vida

Como falei um pouco no post  vamos-desenferrujar-e-colocar-vida.minimalista em movimento  venho sentindo que é momento de reavivar o minima...