sexta-feira, 9 de maio de 2014

FlyLady e Constelação Familiar

Comecei o uso do método FlyLady de organização da casa e da vida. Andei partilhando um pouco do passo-a-passo por aqui. Tenho gostado bastante do método e dos incentivos que ela oferece para que sigamos firmes no propósito de manter a vida organizada, tranquila e em paz.

Acredito mesmo que criar rotinas e executá-las diariamente, tornam-se hábitos. Que vou executando com naturalidade. A FlyLady lembra a todo tempo para que encaremos a organização da casa como algo divertido e que esse processo acontecendo com calma. Uma tarefa por vez, uma área da casa por vez. Não é necessário ajeitar tudo em pouco tempo. Me parece que a manutenção constante é que faz com a casa esteja em ordem naturalmente.

Esses últimos dias, tenho me dedicado mais ao trabalho, então, tenho escrito pouco por aqui. Estou utilizando algum tempo do dia para a leitura dos textos que estão no grupo das flyladys brasileiras. Tenho lido um pouco os blogs que gosto. E estou separando um tempo para a leitura de livros. Algo que eu estava precisando retomar há algum tempo.

Estou a mais de 1 mês frequentando o grupo de Constelação Familiar, e tem sido bom. Ora constelando minhas próprias dificuldades e ora participando e trabalhando nas constelações dos demais colegas. Tem se apresentado como uma forma diferente de terapia e ao mesmo tempo simples e rica. No momento da Constelação, percebo que acessamos o inconsciente, e que muitas histórias e dificuldades vêm para a superfície. Ora eu me vejo como protagonista de uma história. Ora me vejo como participante. Não falamos nada durante o processo. Vem à tona emoções, movimentos e aos poucos, os entendimentos vão vindo e as mudanças vão acontecendo.

Tenho gostado muito da necessidade constante de reverenciar os pais e agradecer por eles terem me oferecido a vida. Tenho sentido como uma forma linda de perdão e reconciliação com as minhas origens. É uma forma de fazer as pazes e de seguir mais leve, sabe? Eu estou encantada e recomendo.
http://www.transgeracional.com.br/

"Constelação familiar é uma terapia da alma, um resgate de almas, mudança de paradigma, em que você percebe de uma forma fenomenológica o quanto o nosso próprio julgamento influencia nossas vidas.​ O que é mais importante na constelação é que ela passa pela nossa misericórdia, pela humildade de saber que qualquer um de nós está sujeito a ter uma vida difícil. Com a constelação aprendemos a ter um olhar neutro perante o destino de nossos antepassados. Assim, nos liberamos para olharmos apenas o nosso próprio destino, que se torna mais leve. Além disso, recebemos a força da alma dos nossos ancestrais.A Constelação não é uma psicoterapia, é uma terapia do amor". Solange Rolla, Psicoterapeuta

transgeracional
imagem internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lidando com sentimentos de perda

Tenho lidado com sentimentos intensos e profundos, ultimamente. Uma sensação de perda enorme. De que está faltando uma pessoa muito importan...