quarta-feira, 29 de abril de 2015

O Minimalismo na minha vida atual

Nos últimos tempos eu tenho falado pouco sobre diminuição de consumo, destralhe/descarte, guarda-roupas e organização de casa. Estes assuntos eram tratados quase todos os dias aqui no blog, na sua fase inicial. Foi por esses temas que comecei a aplicar o Minimalismo na minha vida.

Atualmente tenho me ocupado com as mudanças interiores, com a busca pela felicidade e com o empenho para viver bem. Tenho a impressão que fiz uma limpeza e uma organização geral na vida. Agora estou focada em outros temas que também fazem parte. Talvez esteja trabalhando numa espécie de Minimalismo interno. Descartando as tralhas emocionais e selecionando o essencial para mim. Tenho feito também um esforço grande para aprender a me relacionar com as pessoas. E procurado realizar as metas para este ano, escrevi sobre isso aqui chegou-metas-e-objetivos-palavra.html


Crédito da imagem: wallpaperwide


Para relembrar a importância da manutenção da filosofia do Minimalismo. Hoje vou escrever um pouco sobre como estou vivendo o Minimalismo na minha vida atual.

1. Consumo e vida financeira:
Eu continuo atenta ao consumo para não gerar excessos e manter o orçamento financeiro controlado. Acredito que a chave para isso está na consciência do que você tem e no bom uso dos recursos disponíveis. Com a certeza de que você tem exatamente o que precisa. Nem mais e nem menos.

Ao consumir menos, produz-se menos tralha/descarte/lixo. Cada vez consumo menos coisas. A cada três meses, eu tenho verificado os guarda-roupas e os armários de casa para manter a organização. Cada vez que adquiro um item novo, tenho descartado um item usado. Assim o meu guarda-roupa e os armários se mantêm com aproximadamente a mesma quantidade de itens. Que hoje, considero o necessário.

Parei com a aquisição de itens para casa. Verifiquei que há pratos, copos, talheres, panelas, assadeiras, travessas, xícaras e demais itens suficientes para uso.

Engraçado que eu parei de adquirir objetos de decoração, também. Há algum tempo estou querendo deixar a casa mais colorida. Porém, ao refletir vejo que ,na verdade, ainda posso passar sem eles. Esses itens estão lá no final da lista de prioridades.

Bem, adoro moda e itens de beleza. Depois do meu 1 ano sem compras desnecessárias, eu aprendi a me vesti guiada pelo conceito do capsule wardrobe  e a fazer os serviços que antes eu pagava. Hoje, faço minhas unhas, sobrancelha, depilação e agora aprendi a cortar e a pintar meu cabelo. Sério!? Estou independente nesse item. Tem mais de dois anos que venho me cuidando sozinha. Veja bem, faço tudo isso com prudência. Sabe como é? Não quero me machucar e morro de medo de danificar meu cabelo! Venho lendo e assistindo vídeos sobre cuidados pessoais. E aos poucos estou desenvolvendo minha forma de realizá-los. Sobre o guarda-roupa, eu escrevi uma série bem interessante aqui como-montar-seu-capsule-wardrobe.html

Por gostar muito de moda. Comprar roupas é meu ponto fraco! Evito ir às lojas porque todas as vezes que eu vou, encontro algo de que gosto, e nem sempre posso comprar. Aos poucos estou usando uma estratégia. Defini uma cota do meu salário para usar em roupas. Posso comprar algo específico de que preciso ou algo qualquer que tenha gostado. Quando acaba a cota. Acabou. Está funcionando bem.

2. Organização da casa:
Em casa, continuo cuidando da casa e das roupas. Lavo todas as roupas com tranquilidade, até gosto. No entanto, adio loucamente passar roupas. Mantenho a arrumação da casa percorrendo a casa todos os dias. Quanto aos outros afazeres, eu e meu marido dividimos as tarefas. E conto com a ajuda de uma diarista semanal que faz a limpeza pesada. Almoço perto do trabalho e cozinho o jantar quando é possível. No final de semana fazemos mercado e frutaria, e aproveito para colocar a arrumação em dia e lavar roupas. Sim, lavo roupas no final de semana.

3. Saúde:
Mantenho a atividade física regular, no meu caso, faço musculação na academia. Pratico danças circulares e yoga. Eu costumo ir à academia antes do trabalho.Vou falar uma coisa para você - tem dia que é um baita desafio levantar às 6 horas da manhã! Assim caminha a humanidade!

4. Realidade:
Veja bem, gosto de registrar os avanços e aquilo que parece está solidificado. No entanto, ainda tenho vários desafios para vencer. E nem sempre a rotina de academia, trabalho e cuidados com casa vai bem, muitas vezes acontecem coisas inesperadas que alteram o planejado. Semana passada eu peguei um resfriado e fiquei ruim da rinite. Com isso, estive indisposta. Descobri que é bom ser flexível e compreensivo consigo mesmo, porque nem sempre as coisas saem como gostaríamos.

5. Desejo de mudança:
Para finalizar, gostaria de dizer que estou pensando em mudar o nome do blog. Nada de Compras não está mais refletindo o meu momento atual. O nome foi escolhido quando eu estava vivendo o meu um ano sem compras desnecessárias. Agora estou em outra fase, mais voltada para as questões internas e por isso, estou sentido necessidade de fazer essa mudança. Ainda não sei como vou fazer isso. Estou trabalhando na proposta. Logo mais dou notícias!
Atualização em 07/05/2015: decidi manter o blog da maneira que está.


Muito obrigada pela leitura!

Abraços,

Andreia Rodrigues

4 comentários:

  1. Olá Andreia :) A minha vida também mudou muito desde que comecei nesta jornada pelo minimalismo...gostei de ler sobre a tua vida atual com o minimalismo!
    Boa inspiração para o novo nome do blog...as mudanças são sempre boas!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Adorei seu relato e é bom ver que o minimalismo não nasce da noite pro dia. Tudo deve ser pensado e analisado conforme a necessidade de cada um, sem nada muito rígido, adaptando os aprendizados pouco a pouco e tendo paciência para as mudanças acontecerem. Isso me incentiva ainda mais! Tenho praticado o consumo consciente e o desapego. Aos poucos a gente vai se conhecendo melhor e tomando atitudes mais pensadas. Adorei o relato, foi bem importante para mim, me ajudando em decisões. Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Olá Andreia!! Que bom ver as mudanças positivas em sua vida. A cada momento há uma mudança de ciclo e objetivos. Algumas mudanças também espero fazer em minha vida, como deixar de comprar coisas desnecessárias, como roupa. Ir ao salão eu tinha deixado, mas voltei porque me faz bem. Na verdade estava um pouco desleixada, o que não é bom também. Sucesso em suas mudanças.
    Beijos,
    Josy Santos

    ResponderExcluir
  4. Andreia,
    que legal que o minimalismo físico abriu espaço na sua vida para uma rearrumação interior. Tenho a impressão que, depois que a gente quebra um paradigma (felicidade/sucesso = consumo/dinheiro), fica mais fácil rever outras "verdades"...
    E também a gente não quer ficar a vida toda batendo na tecla do controle financeiro/destralhe, né? Uma hora isso fica automático e podemos evoluir pra outras metas!
    Beijos!

    ResponderExcluir

Se mantenha no fluxo e tudo será como é

Há algum tempo, ando lidando com situações imprevisíveis, não tenho garantias de resultados positivos e preciso lidar com  os riscos e as su...