sexta-feira, 11 de dezembro de 2015

Avaliando as metas de 2015

O Ano de 2015 está terminando. Daqui a 21 dias estaremos em 2016.  Escrevi sobre meus objetivos para 2015 e sobre a palavra do ano AQUI, e ao longo do período fui atualizando o que realizei.



Defini 8 metas, na sequência eu avalio cada uma delas afim de entender o que houve, o porque de não ter realizado algo, o que posso aprender com isso e o que gostaria de estabelecer como meta para 2016.

Meta 1. Seguir atenta ao orçamento doméstico, de tal forma que consiga poupar 10% da renda familiar mensal: Realizei durante 10 meses. Em 2 meses, as despesas foram maiores, então a parcela de poupança não aconteceu. Houveram gastos extras e isso atrapalhou o orçamento. Percebo que é necessário atenção. Vejo que ao ficar muito tempo sem comprar roupas, há um desgaste maior de todas as peças e isso gera necessidade de reposição de muitas. Solução: se a manutenção do guarda-roupa ocorrer mensalmente, com pequenos investimentos, resolve-se a situação.

Meta 2. Seguir cuidando da saúde, fazendo o check-up anual, consultas mensais, terapia, atividade física e alimentação saudável: Fiz todas as consultas e exames de rotina, além daqueles extras que surgiram. Segui na terapia, atividade física e alimentação saudável. Busquei conhecer e resolver problemas antigos. A ideia é me cuidar para daí, cuidar da família. 

Meta 3. Comemorar as bodas de prata: Fizemos um pequena viagem e foi muito bom.

Meta 4. Planejar viagem de férias: Fizemos uma pequena viagem e também foi muito bom. 

Meta 5. Dançar com regularidade e participar de 2 workshops: Dancei eventualmente e participei de 2 workshops. 

Meta 6. Ler 2 livros por mês: Não avancei, fiz algumas tentativas e não fui adiante.

Meta 7. Procurar me dedicar aos relacionamentos com familiares e amigos: Eu me dediquei a essa meta com atenção, busquei ajuda na terapia e estou avançando. É algo complexo e que realmente preciso me dedicar por muito tempo.

Meta 8. Ser objetiva nas atividades profissionais: Eu me adaptei às novas atividades e segui firme com objetividade.


A palavra do ano foi Felicidade! Buscar ser feliz nas pequenas coisas do dia-a-dia. Reconhecer a felicidade que já existe! E agradecer todos os dias! #umagradecimentopordia: Busquei a felicidade todos os dias, fiz o exercício da positividade e da gratidão diária. Percebo que aos poucos tenho mudado a tendência de pensar no lado ruim das coisas e que agradecer as experiências do dia é transformador. Mudar o ponto de vista e enxergar que a vida é uma benção e que sempre temos o que agradecer é incrível.

Gosto de estabelecer metas todos os anos. Para mim funciona bem, uma vez que me sinto motivada a fazer coisas diferentes, a manter os hábitos saudáveis e procurar alcancar novos objetivos. Para funcionar é importante que as metas sejam registradas e que seja feito um acompanhamento periódico das metas. Dessa forma é possível fazer uma avaliação, mudanças se necessário e tirar algum aprendizado do processo. 

E você, o que alcançou em 2015? E o que quer alcançar em 2016?


Imagens: 1. google 2. http://revistagalileu.globo.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se mantenha no fluxo e tudo será como é

Há algum tempo, ando lidando com situações imprevisíveis, não tenho garantias de resultados positivos e preciso lidar com  os riscos e as su...