sábado, 20 de fevereiro de 2016

Ando me sentindo minimalista

Superei a fase consumista por meio desse blogue. E hoje, não há a necessidade de ativar o modo "nada de compras". Porém como a vida é dinâmica, se algum dia eu estiver em apuros novamente, vou ativá-lo, com certeza. 

Pensando sobre o Minimalismo esses dias, concluí que ando me sentindo "minimalista".





Daí você me pergunta: como assim, se sentindo "minimalista"?

Sim. Estou numa fase em que não sinto vontade de consumir e penso que tenho bens materiais suficientes para viver. E ando em busca do meu propósito de vida.

Quando comecei a me interessar por um vida simples, eu consumia de forma impulsiva. Num dado momento foi preciso abandonar o consumismo para mudar de vida. Tomei atitudes radicais que exigiram muito esforço e força de vontade.

Atualmente, as idéias do consumo consciente fazem parte do cotidiano. Procuro consumir com bom censo, dentro das minhas possibilidades e em quantidade moderada. A percepção da dinâmica da vida dá o tom, e com isso, procuro manter a flexibilidade para que as finanças possam ser ajustadas de acordo com os acontecimentos. Também, não vou enlouquecer se eu ultrapassar algum limite que eu mesma criei. Preciso de maleabilidade, agora.

Percebi que o Minimalismo ultrapassa as questões de diminuição do consumo dos bens materiais. E, justamente, por afastar as distrações que o bens materiais causam, é possível enxergar as outras áreas da vida que precisam de atenção. 

Falo da minha concepção sobre minimalismo, das percepções que obtive e das conclusões que cheguei. 

E você, se sente minimalista?

6 comentários:

  1. Todos os dias me sinto um pouco mais minimalista! Desde que comecei a ter necessidade de mudar e simplificar até agora mudou muita coisa e tem sido um processo bastante enriquecedor. É um processo contínuo para que vale a pena e cada dia sinto-me mais leve e mais grata por tudo o que tenho e isso faz de mim uma pessoa feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto como um processo também e que a cada dia avançamos um pouco mais, simplificando as coisas, a cabeça, o coração, os relacionamentos e por aí vai, dependendo apenas da vontade de fazer isso. obrigada

      Excluir
  2. A cada dia me sinto mais: desejo menos me todos os sentidos: menos posses, menos trabalho, menos dinheiro, menos obrigações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou usar uma frase antiga: Menos é mais! obrigada :)

      Excluir
  3. Sem dúvida!!!
    Iniciei uma série de vídeos sobre Minimalismo!! :-)

    Neste momento estou na fase em que nunca senti tanta qualidade de vida como agora sem televisão, carro e telemóvel (a qual explico no vídeo http://www.youtube.com/watch?v=QweDto5W__c ). Todo o estudo que tenho feito estes últimos anos e a prática que tenho realizado tem sido tão gratificante e motivante!
    Não deixes de dar uma olhadinha no vídeo!

    Um beijinho grande!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Parabéns por se sentir assim, o minimalismo é muito gratificante para a vida :) benefícios que vivemos a longo prazo!
    Parabéns =)

    ResponderExcluir

Se mantenha no fluxo e tudo será como é

Há algum tempo, ando lidando com situações imprevisíveis, não tenho garantias de resultados positivos e preciso lidar com  os riscos e as su...