segunda-feira, 7 de março de 2016

O Bom é que a Vida dá voltas

Eu gosto de muitas coisas nessa vida e uma delas é buscar me conhecer mais.

Essa busca é uma tentativa de viver em paz comigo mesma. De saber quem sou, o que penso, o que sinto, do que gosto e o que quero fazer.

Sinto uma necessidade de me resgatar agora. Ao longo do tempo estive diluída entre os meus. Negligenciada e esquecida.

Parece que a vida adulta me levou a assumir responsabilidades e fazer o que era preciso. Sem tempo ou espaço para escolhas, os meus desejos e vontades acabaram ficando para depois. 

Apenas aconteceu e eu não tive maturidade ou força suficientes para ser "Eu"!

É difícil ficar diluída no meio da família, por exemplo. Ficar tentando conciliar os interesses e os gostos alheios. Ficar amenizando os atritos. Buscando a união. E aí eu me pergunto. Qual é o papel e a responsabilidade de cada um numa convivência harmoniosa? Até que ponto é inteligente e possível mediar os conflitos? As pessoas querem isso? As pessoas estão dispostas a se doar no sentindo do consenso? Ou estão preocupadas apenas com seus interesses? Quem se preocupa comigo?

Cada um precisa fazer a sua parte para que os relacionamentos funcionem. Assim como também precisa se lapidar para oferecer algo de bom ao outro. 

Quem fica mediando os conflitos se esconde e se perde dentro desse "caldo"! Deixa seus interesses e gostos de lado. Se negligencia e esquece de si.


Porém, a Vida dá voltas. É possível reconhecer o que passou e trabalhar para tornar a vida mais rica. Para crescer como ser humano, para abrir os olhos e a mente para novas possibilidades. Para se amar e ser pleno. Para nadar até a margem, e enfim, sair do "caldo"!

Para se perceber, se encontrar, lembrar quem é, o que pensa, o que sente, o que gosta e o que quer fazer.

Esse movimento de mudança, crescimento e resgate pessoal é trabalhoso e lindo! Requer coragem, disposição e muito, muito Amor!

Pode influenciar positivamente as pessoas que estão por perto. Acredito que todos cresçam!

Afinal de contas o que viemos fazer aqui, Além de passear e se divertir?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lidando com sentimentos de perda

Tenho lidado com sentimentos intensos e profundos, ultimamente. Uma sensação de perda enorme. De que está faltando uma pessoa muito importan...