terça-feira, 31 de maio de 2016

Minha vida mudou para melhor depois do Minimalismo

Acredito na liberdade de escolha de cada um. Porém, quando se fala em consumo. Eu acredito seriamente que viver com menos bens materiais, só traz vantagens.

Falo a partir da minha própria experiência e daquilo que funciona para mim. Desde que me propus a focar verdadeiramente em minhas questões pessoais, sinto que minha vida mudou para melhor.




Questionei o tempo e a energia empregados na compra de bens materiais. Também me questionei, sempre em busca de respostas esclarecedoras, sobre o que era e é importante para mim.

Não sou uma pessoa que vive com 100 objetos. Eu preciso mais que isso para viver confortavelmente e com a qualidade de vida que gosto.

Nada contra quem estabelece um número X de objetos para viver. Apenas entendo que é uma decisão muito pessoal e que nasce de uma certeza interna e absoluta, de que essa escolha traz uma vida satisfatória e feliz.

Observe, trata-se de algo subjetivo. Cada pessoa que trilha o Caminho do Minimalismo ou da Vida Simples criará seu próprio Caminho.




Sendo assim, em que minha vida mudou para melhor? Digo, em vários aspectos.

- Primeira grande mudança, finalmente alcancei o controle financeiro. E por consequência, o bom uso dos recursos financeiros que disponho.

- Segundo, creio que passei a pensar e a planejar as compras. Hoje, eu me dou o direito de comprar algo de que goste muito e que não me cause danos.

- Terceiro, há poucas coisas para destralhar em casa. Consequência de comprar menos.

- Quarto, despertei para a beleza da vida. Valorizo espaços para o lazer e o auto-cuidado, assim como, momentos gostosos com as pessoas que eu amo. Percebi que esses espaços e momentos me fazem bem e feliz.

Veja bem, nem tudo são flores, ok?

- Ainda faço contas todo mês. Controlo os pagamentos e o saldo bancário.

- Às vezes, é preciso fazer compras não planejadas.

- Cuido, todos os dias, para não acumular objetos em casa.

- E sempre estou atenta para preservar espaços e momentos de satisfação.

Algumas vezes, as coisas não saem exatamente como eu gostaria, no entanto, eu sigo em frente. Pois, tenho certeza absoluta que viver assim me faz bem!

E quanto a você,  percebe o que te faz bem?

12 comentários:

  1. Que bela forma de viver. Como me revejo nas tuas palavras!
    Realmente menos pode ser mais!
    Muito obrigada por partilhares o teu testemunho. É sempre tão bom passar por aqui.
    Beijinho enorme**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como é bom encontrar semelhantes! O menos consciente é mais significativo! :) Obrigada pelo incentivo! Beijosss

      Excluir
  2. Olá Andreia, tudo bem? Acompanho seu blog há algum tempo, mas ainda não havia comentado. Parabéns pelas colocações sempre pertinentes e objetivas. Concordo com o que você disse neste post. Acredito que seria maravilhoso se as pessoas se dispusessem a pelo menos entender o quanto o consumo desenfreado pode ser corrosivo para nossas vidas. Entretanto, tenho certeza que blogs como o seu são excelentes meios para sensibilizar e nos auxiliam a refletir.

    Abraços,

    Thaís.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Thaís! Estou bem e você? Fiquei muito feliz com seu comentário! Aos poucos, vamos espalhando a semente do Minimalismo e da Vida Simples por aí, não é mesmo? Muito obrigada e beijos

      Excluir
  3. Texto leve, gostoso de ler. De fato, o minimalismo nos torna mais felizes porque damos atenção aquilo que é importante, com menos distrações, e sem aquele desejo constante de alcançar o que não se tem.
    Que vc continue nessa jornada. E continue a compartilhar conosco seus pensamentos...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pri, muito obrigada pela mensagem! Sim, quando nos sentimos satisfeitos, muita coisa muda! Seguindo em frente sempre! Beijos

      Excluir
  4. TB me sinto mais leve e tranquila, nunca gostei de acumular nada mais quando percebemos estamos cheias de tralhas em casa, roupas, etc.... Isso me incomoda.Comecei esse mês o desafio de 1 ano sem compras de roupas, sapatos e acessórios.. Tomara que eu consigo.. Seu blog tem sido benção. Bjos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla, sim a medida que vamos destralhando e parando de comprar e acumular, a leveza vem. Desejo muito boa sorte nesse seu ano de aprendizado! Pode contar comigo! Obrigada pelo incentivo! beijos

      Excluir
  5. Tenho mudado muita coisa depois do minimalismo, é uma luta diária sabe, mas eu gosto e tenho me sentido cada vez melhor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Susany, sim a luta é diária e traz aos poucos ganhos incríveis! Siga em frente! Obrigada pelo recado e beijos

      Excluir
  6. Olá!
    Vi a tag sobre minimalismo e assim conheci seu blog pois quero muito responder
    Hoje completo 1 ano de minimalismo
    e estou muito feliz!
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Martika, estou feliz que tenha chegado até o Nada de Compras! Bacana que queira responder a tag sobre minimalismo, assim nos conhecemos um pouco e vamos trocando experiências! Parabéns pelo seu primeiro ano de minimalismo! É uma mudança de olhar sobre o mundo que eu considero sensacional! Siga em frente no Caminho! Estou à disposição para ajudar e trocar vivências! Volte sempre! abraços

      Excluir

Alimente seus propósitos pessoais com pequenas mudanças em sua vida

Como falei um pouco no post  vamos-desenferrujar-e-colocar-vida.minimalista em movimento  venho sentindo que é momento de reavivar o minima...